Projetos - Projetos - Associação Dos Cegos Juiz De Fora

Projetos

Orientação e Mobilidade

O Curso de Orientação e Mobilidade da Fundação João Theodósio Araújo – Associação dos Cegos visa a estimulação de percepções sensoriais fundamentais à interação do indivíduo deficiente visual com o ambiente.

 

Tem como objetivo desenvolver habilidades no sentido de proporcionar à pessoa cega a orientação espacial e a mobilidade de forma autônoma e segura.

 

As aulas são realizadas a partir de conceitos, previstos no material da Secretaria de Educação Especial (SEESP) do Ministério da Educação e Cultura (MEC), e da prática nas dependências da instituição, bem como nas ruas próximas a mesma.

 

O conteúdo programático passa por conceitos de orientação como a rosa-dos-ventos, lateralidade (direita-esquerda), utilização dos pisos podo-táteis, etc até às técnicas de mobilidade, que contemplam autoproteções (uso do corpo, como proteção), guia-vidente (auxílio de uma pessoa que enxerga, como proteção) e bengala (utilização de bengala longa e/ou dobrável, como proteção).

 

Símbolo para Deficiente Visual (cegueira)

 

Vale ressaltar que, a mobilidade é um direito de todos e no caso da pessoa com deficiência algumas adequações precisam ser feitas no sentido de garanti-lo.

 

A eliminação de barreiras arquitetônicas, sinalização podo-tátil e sonora, dentre outras estão previstas no Decreto Nº 5.296/2004, que regulamenta as demandas de acessibilidade em território nacional.

 

 

 

Deixamos como dica 3 pequenos passos para orientá-los quanto a forma correta de conduzir um deficiente visual:

 

  1. Se você encontra uma pessoa com deficiência visual, procure saber se ela precisa de ajuda e em que você pode ser útil;
  2. Ao conduzir uma pessoa com deficiência visual NÃO segure no braço dela. OFEREÇA o seu braço, para que ela caminhe com segurança e desembaraço;
  3. Despeça-se da pessoa com deficiência visual, ela não pode ver que você saiu de perto ou que foi embora.